Um fato um tanto quanto inusitado ocorreu na manhã desta terça-feira (23), na Delegacia de Polícia Civil de Guaíra.

Um homem procurou a 13ª DRP para registrar um Boletim de Extravio de Documentos. Até ai tudo normal. Porém, no momento em que o Policial Civil fez uma consulta no sistema, verificou-se que o cidadão possuía um Mandado de Prisão em seu desfavor, com validade até 08/09/2030.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O Mandado de Prisão foi expedido pela Vara da Família e Sucessões de Guaíra.

O Policial, educadamente, informou o homem sobre o que estava ocorrendo e seus direitos constitucionais e, em seguida, deu voz de prisão. Não houve resistência.

O preso que não teve o nome informado foi guardado no cadeião e está à disposição da Justiça.

Redação Portal Guaíra