Um caso de morte foi descoberto no final da tarde de quarta-feira (01), primeiro dia do ano, na Comunidade Rural de Água do Bugre, em uma residência situada na estrada principal (ao lado da igreja católica). Em um primeiro momento, os policiais deram como morte natural de Geraldo Gonçalves Santos de 65 anos.

O IML foi acionado pelos policias da Patrulha Rural, que na sede em Toledo, descobriram perfurações em dois locais do corpo (não revelados). Diante desta informação, os investigadores da Polícia Civil trabalham com a hipótese de homicídio, não mais como morte natural.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Na cena do crime, os policiais visualizaram a porta da sala, que estava aberta e que havia um homem caído de bruços no chão, e em avançado estado de decomposição. O local foi isolado e a Polícia Civil foi acionada. Quando compareceu no local, o investigador deu continuidade aos trâmites legais.

A equipe da polícia militar foi informada que o morador daquela residência morava sozinho e estava naquela comunidade rural há mais de 10 anos.

A Polícia Civil de Guaíra pede que, quem tiver qualquer informação, que ligue anonimamente para o fone 197.

Redação Portal Guaíra