Um agricultor de 34 anos foi preso após força-tarefa de policiais do Mato Grosso do Sul e Paraná, na última quarta-feira (20).

Ele é suspeito de encomendar a morte do próprio sogro, o produtor rural Paulo Sergio Freitas de Miranda, 57 anos, em Naviraí, na região sul do estado. Além dele, um rapaz de 23 anos, que teria dado fuga ao pistoleiro, também foi preso.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Segundo a polícia, o genro estava no município de Guaíra (PR) e o motorista dos pistoleiros estava em Palotina (PR). Ambos vão cumprir mandado de prisão temporária.

As equipes também fizeram buscas e apreenderam objetos e o veículo usado no assassinato.

Agora, conforme a polícia, a investigação segue para localizar os outros dois envolvidos, sendo um deles o pistoleiro de 39 anos e o outro a pessoa que intermediou o contato entre o genro e o pistoleiro. Ambos tiveram a prisão decretada e são considerados foragidos da Justiça.

CRIME

O crime ocorreu por volta das 15h, do dia 23/09, na fazenda Recanto Feliz, de propriedade da vitima.

Paulo [vítima] estava próximo a um maquinário agrícola, quando foi surpreendido pelo o autor que teria chegado ao local em um veículo. Sem dizer nada, o autor disparou diversas vezes contra Paulo e em seguida fugiu.

A mulher de Paulo acionou o Corpo de Bombeiros de Naviraí que rapidamente foi até o local e o socorreu em estado grave, encaminhando para o Hospital Municipal de Naviraí e, após para Dourados.

Os tiros atingiram Paulo no rosto, braços, abdômen e mãos.
Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no domingo (26/09).

As informações são do G1