ad


Um homem foi assassinado na madrugada deste domingo (30), por volta das 04h, no salão do Biazatti – Parque Industrial – em Guaíra.

Segundo informações repassadas pelo setor de investigação da Policia Civil, já era o final da festa quando um homem armado cometeu o latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte.

Conforme foi apurado pela nossa reportagem, a porta do salão já estava fechada, porém, o segurança Ezequiel foi abri-la para que um funcionário pudesse sair. Foi nesse momento que um dos assaltantes apontou a espingarda calibre .12 para Ezequiel. No impulso ele conseguiu segurar a ponta da arma, mas não notou a presença do comparsa que acabou lhe dando um tiro de baixo para cima, na altura da virilha.

Neste momento, o segurança seguiu para o banheiro – para tentar ver a gravidade do ferimento – e os meliantes adentraram no local.

Os bandidos – de cara limpa – se dirigiram até o caixa da festa, roubaram todo dinheiro – valor não divulgado – e fugiram tomando rumo ignorado. Pessoas que ainda se encontravam no salão presenciaram o fato e disseram que os dois elementos estavam no evento e são conhecidos na cidade.

Ezequiel Alves da Silva, 44 anos, guairense, foi atendido pela Unidade Central de Saúde, chegou a ser entubado, mas como a bala se alojou em seu pulmão, ele não resistiu e veio a óbito.

O corpo da vítima foi encaminhado ao IML de Toledo para, posteriormente, ser entregue a família para os atos fúnebres.

A Policia Civil já tem pistas do autor do latrocínio e está fazendo diligencias pela cidade na tentativa de encontrar os assaltantes.

Ezequiel Alves da Silva, 44 anos, trabalhava como segurança do baile
Ezequiel Alves da Silva, 44 anos, trabalhava como segurança em várias festas
salão-do-biazatti
Salão onde aconteceu o latrocínio (foto: Jonas Vicente)

Redação Portal Guaíra


ad