ad

[dropcap color=”#1e73be”]R[/dropcap]epresentantes do Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) estiveram em Guaíra para apresentarem algumas propostas para a Escola do Trabalho.

Marcos Vinicios Cruz, gerente do Senac, e Simone Muiarte, técnica em relações com o mercado, foram recebidos pela coordenadora da Escola do Trabalho em Guaíra, Katiuscia Andreis Boeira da Silva, além do secretário de Ação Social, Almir Bueno, e do diretor de Indústria e Comércio, Adriano Cesar Richter.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

A retomada das atividades na Escola do Trabalho está envolvendo análises de mercado e consultas junto à Aciag, Secretaria Municipal de Ação Social e Secretaria de Indústria e Comércio.

O objetivo, segundo a coordenadora, é garantir que os cursos adquiridos pela Escola do Trabalho contemplem ao máximo as necessidades dos guairenses. “Uma boa gestão ouve as necessidades em várias frentes. Temos noção da nossa realidade, mas ouvir o pessoal do comércio e da assistência social vai nos direcionar para outros prismas”, explica Katiuscia.

Outro canal de comunicação está sendo aberto diretamente com a comunidade. A partir de agora, os guairenses poderão deixar as suas sugestões de curso. “Isso vai nos influenciar muito. Se tivermos 15, 20 pedidos, já teremos uma turma. Isso já nos dá a garantia de que teremos público e tendo dinheiro contrataremos o curso em seguida”, adianta.

As sugestões poderão ser protocoladas diretamente na sede da instituição, na rua Juscelino Kubitschek, 210, Jardim Zeballos. O contato também pode ser feito por telefone: 44 3642 8196.

Katiuscia ouviu atentamente sobre a grade de cursos disponíveis e as propostas do Senac para 2017 e já tem reuniões agendadas com o Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) e Senat (Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte).

Portal Guaíra via Assessoria