Na última semana, o Município de Guaíra, por meio da equipe da Secretaria de Agropecuária, Infraestrutura e Meio Ambiente, realizou um levantamento nos mananciais da cidade, tanto na zona rural como na urbana, para verificar o impacto do calor excessivo e da falta de chuva nos reservatórios de água.

A equipe foi coordenada pelo diretor de Meio Ambiente, Luiz Vieira, acompanhado pelo diretor de Agropecuária, Michel Kihara; coordenador de Redes de Água, Marcio Moraes; e do assessor da pasta, Jhony Ferry Mendonça da Silva.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Esta época é marcada pelo início do plantio da soja pelos agricultores guairenses. Diante da escassez prolongada, a equipe do Executivo está preocupada com o funcionamento dos abastecedouros comunitários, para não comprometer a atividade agrícola.

Para amenizar este problema, um importante plano de ação foi traçado. A intervenção nas áreas será realizada através de um trabalho voltado na proteção e recuperação das nascentes, além do plantio de espécies nativas específicas para auxiliar a preservação do ciclo da água nos mananciais de Guaíra.

De acordo com Luiz Vieira, “É notável a diminuição da capacidade das nascentes que abastecem os rios e córregos. A proteção dos mananciais ainda é a solução mais barata para sua recuperação, e estamos sentindo que a falta de cuidado, o respeito e a proteção dos mananciais já implica diretamente na sua escassez”.

Luis Ferroquina, secretário de Agropecuária, Infraestrutura e Meio Ambiente, e vereador licenciado, enfatiza que o trabalho em conjunto das diretorias é fundamental para que a atividade agropecuária não seja atrapalhada, com o apoio e incentivo direto no meio ambiente.

Portal Guaíra via Assessoria