Por volta das 10h50 de ontem (13), uma equipe de Policiais Militares foi solicitada, via central de operações, a comparecer em uma loja de colchões localizada na Av. Mate Laranjeira, onde a mesma teria sido vítima de um estelionatário.

No local os PMs foram informados que momentos antes adentrou a loja um homem trajando roupa social escura e se identificando como Dr. Flavio. Ele perguntou da proprietária do estabelecimento, pois a mesma iria lhe dar um dinheiro em virtude de um serviço prestado por ele, sendo a quantia de R$1.200,00.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Após indagação do funcionário o individuo simulou ter ligado para a proprietária da empresa, e em seguida disse que a mesma havia autorizado o pagamento, quando o funcionário pegou seu próprio dinheiro – pois não havia nada no caixa – e entregou para o homem.

O golpe só foi descoberto após a proprietária chegar ao estabelecimento.

Diante dos fatos foi realizado patrulhamento, porém ninguém foi encontrado e as informações repassadas para a Delegacia de Polícia Civil de Guaíra para serem tomadas as providências cabíveis.

Porém, por volta das 11h15, o estelionatário voltou a agir, desta vez contra uma loja de materiais de construção localizada na Av. Cel. Otavio Tosta, usando da mesma artimanha. O homem, bem vestido, pediu pelo proprietário da empresa, e foi informado por funcionários que o mesmo estaria em viagem, momento em que foi simulado uma ligação dando a entender que o empresário havia autorizado o pagamento de R$ 990,00. 

A funcionaria só percebeu que tinha caído num golpe depois que a pessoa já tinha ido embora.

A segunda vítima também foi devidamente orientada pela equipe Policial.

O Portal Guaíra recebeu imagens de câmeras de segurança, onde aparece o estelionatário. Se alguém reconhecer o cidadão, poderá entrar em contato com a Polícia Militar (190), BPFron (181) ou Polícia Civil (197).

ESTELIONATARIO-EM-GUAIRA

ESTELIONATARIO-EM-GUAIRA-2

ESTELIONATARIO-EM-GUAIRA-3

ESTELIONATARIO-EM-GUAIRA-4

Portal Guaíra com informações da PM