[dropcap color=”#dd3333″]A[/dropcap] Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou nesta terça-feira (15) em Guaíra, quatro veículos com alerta de roubo/furto que seriam revendidos no Paraguai.

Todas as apreensões ocorreram na BR-163, nas imediações da Ponte Ayrton Senna, que liga os estados do Paraná e do Mato Grosso do Sul, em um intervalo de aproximadamente 13 horas. Todos os veículos recuperados tinham placas clonadas.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

A primeira ocorrência foi registrada por volta das 11 horas da manhã. A equipe da PRF abordou um automóvel Honda/Fit que era conduzido por um jovem de 23 anos. Realizada a identificação veicular, os policiais rodoviários federais descobriram que se tratava de um carro roubado no último mês de maio, em São Paulo (SP).

Questionado pelos agentes da PRF, o condutor preso disse que pagou R$ 5 mil pelo veículo na capital paulista, chegou a ficar um tempo com ele e agora pretendia revendê-lo no país vizinho.

A segunda ocorrência teve início às 15h40 horas. A equipe da PRF deu ordem de parada a uma caminhonete Nissan/Frontier. O motorista desobedeceu e acelerou, na direção do Mato Grosso do Sul.

Seguido pelos policiais rodoviários federais por cerca de 20 quilômetros, o motorista realizou diversas manobras perigosas em alta velocidade, colocando em risco os demais usuários da rodovia. Ele ultrapassou em faixa dupla contínua, em curvas sem visibilidade e pelo acostamento. Em vários momentos transitou pela contramão, jogando diversos veículos para fora da pista e quase colidindo com alguns deles.

Os agentes da PRF seguiram o veículo até a linha internacional que divide o Brasil e Paraguai, o que impediu a continuidade do acompanhamento. Imediatamente, os policiais brasileiros fizeram contato com policiais paraguaios, através de um aplicativo de mensagens instantâneas. Horas depois, após o anoitecer, os agentes do país vizinho localizaram o veículo, abandonado.

A equipe brasileira foi até o local e descobriu a placa original da caminhonete, que havia sido furtada no último dia 5 de julho, em Coroados (SP). A polícia paraguaia não liberou o veículo de imediato, o que deve ser feito de maneira formal nos próximos dias, através da Promotoria de Justiça paraguaia.

Ainda durante a tarde de ontem, a mesma equipe da PRF abordou um automóvel Fiat/Idea no município de Mundo Novo (MS), conduzido por um adolescente de 16 anos de idade. Ele portava um documento falso do veículo.

Os policiais rodoviários federais descobriram a placa original do veículo, que havia sido roubado em Alvorada (RS), no último dia 21 de julho. O adolescente foi apreendido.

Por fim, a quarta ocorrência aconteceu por volta da meia-noite. A equipe abordou um caminhão-guincho em frente à unidade operacional da PRF. O veículo também era conduzido por um adolescente de 16 anos, acompanhado por um passageiro de 18 anos.

Eles não tinham nenhum documento do caminhão, que estava com placas falsas. O guincho havia sido furtado ontem (15), em Francisco Beltrão, sudoeste do Paraná, e também seria revendido no Paraguai.

A PRF encaminhou os veículos recuperados e as pessoas detidas para as delegacias de Guaíra (PR) e Mundo Novo (MS).

Desde janeiro deste ano, os agentes que atuam na Delegacia da PRF em Guaíra recuperaram 95 veículos roubados ou furtados. Outros 56 com indícios de adulteração e que também podem ser produtos de crimes foram apreendidos.

Portal Guaíra com informações da PRF