O Município de Guaíra, via Secretaria de Assistência Social, realizou nos últimos dias 6 e 7 de outubro um curso de Escuta Especializada e Revelação Espontânea, onde 188 profissionais das áreas de Assistência Social, Educação, Saúde, e Segurança Pública participaram.

A capacitação que foi ministrada pela psicóloga judiciária no TJ/PR e idealizadora da comunidade de Heróis da Escuta, Dani Zeponi, buscou aproximar os diferentes profissionais que atuam direta ou indiretamente com crianças e adolescentes vítimas, ou testemunhas de violência de abordagens adequadas que garantam a privacidade e o bem-estar durante o fluxo de atendimento da rede de proteção.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Dentre os principais assuntos abordados, ao longo desses dois dias, foi citado o marco normativo da escuta especializada: as diretrizes e parâmetros previstos na Lei Federal 13.431/2017 que estabeleceu o sistema de Garantia de Direitos de crianças e adolescentes vítimas e testemunhas de violência; o Decreto 9603/2018; o Guia de Entrevista Forense NICHD; a diferenciação entre Depoimento Especial e Escuta Especializada; aspectos gerais sobre o desenvolvimento cognitivo e psicossocial de crianças e adolescentes; bem como a organização da escuta, na prática.

O curso veio para desmistificar a concepção formada de que apenas uma categoria profissional ou uma política pública é a responsável por acolher uma criança, ou um adolescente, vítima, ou testemunha de violência, principalmente, tendo em vista que, nos casos de revelação espontânea, não se sabe em quem as vítimas confiarão para se abrir.

Em razão da obrigatoriedade dos novos parâmetros de atendimento em todo o país, a capacitação possibilita um novo olhar para os profissionais que compõe a rede de proteção do Município e é o primeiro paço para a implementação do fluxo de atendimento municipal às crianças e adolescentes vítimas ou testemunhas de violência.

A Secretária de Assistência Social, destaca que a importância da capacitação para o processo de não vitimização das vítimas ou testemunhas de violência – tendo em mente que quaisquer tipos de violência impactam significativamente no desenvolvimento das crianças e adolescentes – dessa forma é preciso buscar reduzir novos impactos além daqueles já ocorridos a partir da violência sofrida.

Guaíra - Curso de Escuta Especializada e Revelação Espontânea é promovido para 188 profissionais • Portal Guaíra Guaíra - Curso de Escuta Especializada e Revelação Espontânea é promovido para 188 profissionais • Portal Guaíra Guaíra - Curso de Escuta Especializada e Revelação Espontânea é promovido para 188 profissionais • Portal Guaíra

Portal Guaíra via Assessoria