Os Conselheiros Tutelares (CT) de Guaíra/PR estão trabalhando nesta quinta-feira (12) apenas em plantão. A medida é um protesto que os CTs de todo o Brasil estão adotando depois da morte de três Conselheiros e da avó de uma criança disputada por duas famílias.

Os crimes ocorreram no último dia 6 de fevereiro, na cidade de Poção, no estado de Pernambuco. O grupo voltava de Arcoverde, no Sertão, onde apanhou a menina para passar o fim de semana com os avós maternos.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Os conselheiros reinvindicam respeito e reconhecimento das autoridades sobre a importância do trabalho realizado pela categoria.

A população que necessitar do atendimento do Conselho Tutelar poderá estar entrando em contato pelo telefone de plantão (44) 8456-7274. Na sexta-feira (13) os conselheiros voltam a trabalhar normalmente.

Segue na integra a nota dos conselheiros tutelares de Guaíra:

Tendo em vista a tragédia ocorrida em POÇÃO –PE no último dia 06, foi proposta a todos Conselho Tutelares do Brasil, uma PARALISAÇÃO no próximo dia 12 de fevereiro (Quinta- Feira). Entendemos que somos um colegiado e em solidariedade aos conselheiros que foram assassinados estamos fechados e aderimos a paralização no dia de hoje, e estamos reivindicando melhores condições de trabalho, estruturas, melhorias de salários, segurança adicional a periculosidade e atribuições que não são de competências do conselho tutelar.

Quem assina são os membros do CT de Guaíra Izara Rejane Alves, Keila Marta Inojosa da Silva, Lecir Jardim, André de Souza Santos e Lucineia Tadeu.

3

CONSELHEIROS-TUTELARES-ASSASSINADOS

CONSELHEIROS-TUTELARES-DE-GUAIRA

Portal Guaíra via Assessoria