O Município de Guaíra, por intermédio da Secretaria de Segurança Pública, iniciou nesta manhã de terça-feira (16), a limpeza do terreno que comportará a nova sede da 02ª Cia PM Batalhão de Polícia da Fronteira – BPFron.

O local é de propriedade do Município de Guaíra, sendo anteriormente ocupado pelos integrantes do CTG – Centro de Tradições Gaúchas, através de contrato comodato, que teve sua data de validade expirada no ano de 2015.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Diante da negativa de desocupação do terreno, o Executivo ingressou com Ação de Reintegração de Posse, através do Processo nº 0001559-14.2017.8.16.0086, que fora devidamente reconhecida pelo Poder Judiciário, com sentença favorável ao Município de Guaíra.

O Executivo providenciou a devida comunicação aos ocupantes do local, por diversas vezes, que manifestaram posição contrária à decisão judiciária e a recusa na desocupação da área.

A Itaipu Binacional, junto ao Governo do Estado, se proporam a realizar um convênio com Município de Guaíra, visando o reaproveitamento deste terreno, localizado na Vila Eletrosul, para construção e instalação da nova sede a ser ocupada pela 02ª Cia da BPFron.

O convênio foi firmado em dezembro de 2020, registrado pelo nº 4500059640, no valor de R$ 22.065.378,30. O prazo para execução da obra é de cerca de 30 meses.

Em breve serão iniciados os trâmites administrativos para abertura da licitação que definirá a empresa responsável pela obra.

Para o Secretário, Castanon Andrade, “O Município está investindo na segurança pública da nossa cidade. Através desse novo espaço, e por Guaíra ser uma cidade de fronteira, o que já requer um policiamento maior, essa nova sede virá para prestar um apoio ainda maior nessa questão”, destacou.

Portal Guaíra via Assessoria