(fotos: Adriane Schirmann)

Por solicitação da vereadora Marlene Dallacosta, esteve na Câmara Municipal, o Aspirante Oficial da Polícia Militar, comandante do 3º Pelotão em Guaíra, Frederico Leal Marcelino, para tratar de alguns temas relevantes como: a segurança no trânsito, a poluição sonora e perturbação do sossego na área urbana e rural, como também, a necessidade de um pátio para os carros apreendidos em nosso município e o monitoramento policial na Praça Castelo Branco.

Marlene estendeu o convite à todos os vereadores e estiveram participando, além dela, a presidente do Legislativo, Lígia Lumi Suga, Elza Romoda e Sandro Sabino Borges.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O aspirante ressaltou que desde que assumiu o comando em Guaíra, percebeu um trânsito inseguro e defende que é preciso mudá-lo e adiantou que já trabalham para isso. “O primeiro passo é a questão do pátio para os carros apreendidos. Desde 2014, eu soube que há uma luta nesse sentido, mas estamos buscando apoio de todos os lados, para resolvermos o mais rápido possível essa demanda”, explicou.

O aspirante defendeu ainda, que é necessária rigidez para combater a irresponsabilidade. “Tudo é uma questão de bom senso e respeito à regulamentação. “As pessoas tendem a culpar as vias e a falta de fiscalização, porém, o fator humano é um dos grandes responsáveis pela maioria dos acidentes”, esclareceu.

Já sobre perturbar o sossego alheio (mediante gritaria, algazarra, abuso de instrumentos musicais, sinais acústicos, dentre outras situações) é crime, nos moldes do artigo 42 do Decreto-Lei Nº 3.688/41 e passível de prisão simples, de 15 (quinze) dias a 3 (três) meses, ou multa, mas segundo a edil Marlene, não é respeitado, prejudicando muitas vezes o repouso noturno e causando problemas de saúde para as pessoas expostas ao barulho desnecessário.

O comandante Marcelino adiantou que já é intenção da PM, intensificar o trabalho para coibir casos de perturbação, mas a presidente Lumi, solicitou que seja feito antes, um trabalho de conscientização no município, através da imprensa e mídias sociais, explicando às pessoas, que ao gerarem barulhos e ruídos, elas estarão afetando terceiros e que isso não será mais permitido.

A vereadora Marlene agradeceu o empenho do comandante e salientou que os vereadores são muito procurados, com diversas reclamações sobre esses assuntos, incluindo o desrespeito de alguns motoristas em faixas de pedestres e em vagas de idosos e deficientes, e declarou que são temas importantes de debates e que essas reuniões, trazem sempre resultados positivos para a comunidade.

Portal Guaíra com informações da Assessoria de Imprensa