Delegacia da Polícia Federal em Guaíra/PR (foto: Portal Guaíra)

A Polícia Federal desarticulou na quarta-feira (27) uma quadrilha especializada no contrabando de cigarros e de agrotóxicos que atuava em cinco estados. A sede da organização criminosa era o Paraná, aqui no município de Guaíra.

Cerca de 80 policiais participaram da operação, chamada de “Contaminatus”, que cumpriu mandados de prisão e busca e apreensão em oito cidades dos estados Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins e Pará.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Em Guaíra foram presas três pessoas, incluindo o acusado de ser o chefe da quadrilha. Também foram apreendidos documentos, dois veículos, uma embarcação e uma casa de luxo, de propriedade do cabeça da organização. As contas bancárias dos acusados também foram disponibilizadas.

A operação resultou de investigações que iniciaram há mais de um ano, após uma apreensão de agrotóxico e cigarros. A Polícia Federal verificou que existiam empresas de .fachadas que emitiam notas fiscais para dar ar de legalidade ao transporte dos produtos contrabandeados.

Os acusados responderão pelos crimes de organização criminosa, contrabando, descaminho e por crimes ambientais.

A Polícia Federal informa que as investigações prosseguem a partir das apurações das contas bancárias dos presos e que a operação poderá ter uma segunda etapa.

As informações são da Catve