Cassia Camilo Teixeira é acusada de ser a mandante do assalto

A Policia Civil de Guaíra, em posse de mandado de prisão preventiva, expedido pelo Juizado Especial Criminal, através da Juíza de Direito, Dra. Mayra dos Santos Zavattaro, recolheu à Cadeia Pública, Cassia Camilo Teixeira, 20 anos de idade, moradora do Bairro Jardim Santa Paula.

Através do setor de investigação da Policia Civil de Guaíra, apurou-se que uma pessoa teria comentado na casa de prostituição que a presa possui, sobre um valor em dinheiro considerável, que um “conhecido” pagaria naquele estabelecimento comercial.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Diante dessas informações, Cassia teria “cantado a pedra” pros menores e fornecido as armas do crime  – revólver calibre ponto 38 e uma pistola 9 milímetros. Mas, na hora de praticar o assalto, um dos menores acabou ficando nervoso e acabou disparando contra o peito do empresário “Maninho”.

No depoimento dos menores, eles relataram detalhadamente o nome da acusada em repassar as informações para a pratica do crime, assim como fornecer as armas que foram usadas no latrocínio que vitimou Eliaurio Caovilla.

Contra a Cassia pesam os crimes de formação de quadrilha, corrupção de menores, fornecer arma para menores, trafico de droga, roubo agravado pelo evento entre outros. Mas ela nega qualquer envolvimento.

Cassia Camilo Teixeira, 20 anos de idade, foi interrogada no cartório da Unidade Policial e nega qualquer envolvimento no crime.

Conforme relatório divulgado pela Delegada de Policia Civil de Guaíra, Dra. Tany do Amarante Razera, o serviço policial foi concluído com sucesso.

Cassia Camilo Teixeira é acusada de ser a mandante do assalto
Cassia Camilo Teixeira é acusada de ser a mandante do assalto

Redação Portal Guaíra