Quem estiver interessado em regularizar a união estável ou simplesmente aproveitar para começar uma vida a dois a partir do registro civil, o Município de Guaíra/PR informa que realizará em novembro mais uma edição do Casamento Comunitário. O local ainda será definido. As inscrições já estão abertas e vão até o dia 30 de abril.

As inscrições estão sendo efetuadas no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS, rua Marcelino Rollon, 337), no prédio da Secretaria Municipal de Ação Social.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Segundo a assistente social Roselene Evangelista de Assis, não haverá nenhuma despesa para o casal. A economia só com a taxa de cartório é hoje de mais de R$ 300,00. São requisitos para participar: residir em Guaíra e se enquadrar no perfil socioeconômico exigido (informações no CRAS), além da apresentação de documentos.

A iniciativa visa à formalização da união de casais, garantindo direitos previstos em lei, além de fortalecer vínculos familiares, importantes no sentido da manutenção da inclusão social.

Um culto ecumênico também está garantido, além de apoio estético de uma equipe da Escola do Trabalho para as noivas.

A decisão está amparada na lei nº 1.555/2008, ano em que foi realizado o primeiro casamento comunitário de Guaíra.

Documentos

Para inscrever-se no Casamento Comunitário, os integrantes do casal devem apresentar os seguintes documentos: cédula de identidade, CPF e comprovante de residência.

Dependendo do estado civil, cada um deve fornecer cópias de: certidão de nascimento, se solteiro; certidão de casamento com averbação de divórcio, se divorciado; e certidão de casamento e atestado de óbito do cônjuge falecido, se viúvo. Pessoas na faixa dos 16 aos 17 anos devem providenciar também autorização dos pais ou responsáveis. Menores de 16 precisam de autorização judicial.

A Secretaria de Ação Social também lembra que residentes no Distrito de Oliveira Castro não podem casar na sede.

Rogério Ferraciolli e Lurdes Simone no casamento comunitário em Guaíra (foto: Everson Bressan-SECS)
Rogério Ferraciolli e Lurdes Simone no casamento comunitário em Guaíra (foto: Everson Bressan-SECS)