[dropcap color=”#81d742″]C[/dropcap]om a chegada do novo ano, mudanças acontecem e assim, a mesa diretora da Câmara Municipal de Guaíra, também passa por renovação, como determina o regimento interno. Mas, apesar da importância da mesa composta pelo presidente, vice-presidente, secretário e 2º secretário, pouco se ouve falar sobre suas funções. Muito além de destaque, eles são encarregados de tarefas demasiadamente importantes no dia a dia da Casa de Leis, que muitas vezes não são nem conhecidas. Vamos lá:

Presidente – Representa a Câmara em juízo ou fora dela, dirigindo seus trabalhos, fiscalizando a ordem e a conformidade do regimento e zelando pelo prestígio de seus membros. Para exercer as atividades regimentais, o presidente pode atuar diretamente ou delegar a qualquer um dos vereadores funções relacionadas à produção parlamentar e à fiscalização dos atos do Poder Executivo.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Vice-Presidente – Substitui o presidente em seus impedimentos e exercem plenamente todas as funções relativas aos atos administrativos, jurídicos e legislativos necessários para dar conta das competências da Câmara.

Secretários – Auxiliam os trabalhos de direção da Câmara apoiando a execução de procedimentos de registros de atas, anais, votações, frequência de vereadores às sessões, além de assinarem junto com o presidente atos da Câmara e orientarem os serviços da Secretaria da Casa.

Mesmo antes da solenidade de posse que ocorreu somente na noite de ontem (15), o vereador Carlos Magno Czerwonka já havia assumido seu papel de presidente da Câmara Municipal, com mais funções do que já vinha realizando ano passado, como vereador e presidente da Comissão de Finanças, Orçamento e Fiscalização, em que debatia com sua equipe, sobre proposições relativas a matéria tributária, abertura de créditos, empréstimos públicos, dívida pública, proposta orçamentária do município e fixação de remuneração de servidores.

Questionado sobre os trabalhos para este ano, Czerwonka afirma que serão doze meses trabalhosos, pois muitas decisões cairão para esse mandato. “Vamos seguir com muita ética, responsabilidade, e acima de tudo, sempre de acordo com a LEI. Pretendo trabalhar também na reestruturação da Câmara, traçando metas para que possamos tornar o Legislativo ainda mais eficiente”, ressaltou.

Sobre a votação dos 20% do orçamento do Executivo votado no final do ano passado, Czerwonka disse que apesar de ter sido aprovado esse percentual, o Executivo nunca usou mais que 12%, e que a Câmara, apesar da sua função fiscalizadora, não deve dificultar a administração, andando na contramão do desenvolvimento do município. “Temos que andar em sintonia com os anseios do desenvolvimento. Tenho consciência de que os 20% aprovados serão importantes, pois se a prefeitura resolver no decorrer do ano, fazer uma obra necessária de infraestrutura e não houver mais recursos orçamentários, dentro da margem do remanejamento, poderá ser retirado de um setor sem prioridade e aplicado na emergência”, explicou.

Czerwonka se mostra muito confiante, e salientou que entrou na política justamente para contribuir com o município de Guaíra, e sabe que para isso, é preciso muita coerência e responsabilidade.

Portal Guaíra via Assessoria