Está entrando hoje no quarto dia o trabalho de buscas ao rondonense Daniel Henrique Trarbach Engelmann, de 19 anos, soldado do Exército Brasileiro, que caiu no Rio Paraná, em Guaíra, na noite do último domingo (10).

Apesar da grande mobilização de embarcações e helicópteros, além de dezenas de homens de várias corporações, não foram encontradas pistas sobre o paradeiro do rapaz.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Na segunda-feira (11), as equipes encontraram um colete e um boné do jovem rondonense, bem como cerca de uma tonelada de maconha boiando no Rio Paraná.

Juntamente com outros dois militares do Exército de Guaira, o militar ocupava uma embarcação e atuava na fiscalização ao crime organizado via Rio Paraná.

Por volta das 23h de domingo, uma embarcação ocupada por criminosos, possivelmente transportando drogas, colidiu contra a equipe de militares e os três foram arremessados ao rio.

Dois rapazes foram resgatados com vida, mas o rondonense Daniel Henrique Trarbach Engelmann desapareceu nas águas e ainda não foi encontrado pelas forças de segurança pública.

O capitão Tiago Zajac, comandante do Corpo de Bombeiros de Marechal Cândido Rondon, revela em entrevista à Rádio Difusora do Paraná, as dificuldades enfrentadas pelas equipes de buscas.


Portal Guaíra com informações da Rádio Difusora