Na quarta-feira (21) durante diligencias pela cidade de Guaíra, a equipe do BPFron recebeu denúncia da prática de venda de drogas que estaria sendo realizada nas dependências do estabelecimento comercial conhecido como “Bar do Joãozinho”, localizado na Avenida Julieta Franca Camargo Iwankiw. Na tarde do mesmo dia, Militares do Batalhão de Polícia de Fronteira de Guaíra/PR seguiram até o local para apurar a possível prática de ilícitos, sendo que no período em que agentes estiveram observando o local, foi constatado as seguintes irregularidades:
1. Menores frequentando o Bar e praticando Jogo de Sinuca, carteado nos fundos do estabelecimento, assim como realizando a ingestão de bebidas alcoólicas adquiridas naquele local.
2. A comercialização de cigarros oriundos do Paraguai, de diversas marcas, que ficavam escondidos debaixo do balcão de bebidas.
3. A utilização de um adolescente de 17 anos de idade como “olheiro” para acompanhar a movimentação policial na região e também para realizar a entrega de entorpecentes nas proximidades do Bar, com uma moto Yamaha/YBR 125 de placas MCY-4078.
4. A venda de entorpecentes realizada por A. S., 29 anos de idade, sendo que este trabalha como atendente no estabelecimento comercial.
5. O proprietário do Bar, identificado apenas como João, seria o suposto responsável pelo ponto de venda das drogas.

Diante dos fatos, por volta das 20h dessa quinta-feira (22), foi solicitado apoio de uma viatura caracterizada para fazer a abordagem no Bar.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Durante buscas foram encontrados 15 gramas de cocaína, divididas em 32 buchas, que estavam escondidas no interior de uma saboneteira no banheiro, onde somente o atendente tem acesso ou poderia liberá-lo; 04 gramas de maconha enrolada em um plástico dentro de uma lixeira; R$ 150,20 em dinheiro; 08 maços de cigarros oriundos do Paraguai e escondidos nos fundos do estabelecimento; 31 carteiras de cigarros contrabandeados do Paraguai, escondidas embaixo do balcão de atendimento aos clientes do Bar; 01 celular; 01 Pendrive; uma carteira de propriedade do menor de idade, onde foi encontrado uma bucha de cocaína, porém o adolescente admitiu ser para consumo próprio; outro menor de idade foi flagrado jogando cartas nos fundos do Bar e ingerindo bebida alcoólica com outras pessoas.

Aos constatar todas as irregularidades do local, os Militares do BPFron deram voz de prisão ao atendente do Bar – pela prática do crime de tráfico de drogas; o menor de 17 anos foi apreendido por colaborar como informante da movimentação policial na região, assim como por realizar entregar de entorpecentes aos usuários, e por ter consigo uma bucha de cocaína no interior da carteira.

Conforme informação policial, foi necessário o uso de algemas no rapaz maior de idade devido a aproximação de familiares e amigos tentando provocar um início de tumulto.

Drogas, cigarros, motocicleta, celular e dinheiro foram apreendidos e encaminhados, junto com os rapazes, até a Delegacia de Polícia Civil de Guaíra. O Conselho Tutelar foi comunicado.

GUAIRA-BPFRON-ESTOURA-BAR-USADO-COMO-PONTO-DE-VENDA-DE-DROGAS

Redação Portal Guaíra