Plantão-de-PoliciaA PM de Guaíra recebeu ontem (5), às 20h30, uma denúncia anônima de que disparos de arma de fogo haviam sido efetuados em um bar localizado no Jardim Zeballos .

No local, os policiais encontram um rapaz caído na calçada em frente ao estabelecimento.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Uma ambulância do pronto socorro de Guaíra foi solicitada, mas quando os socorristas chegaram o homem já estava morto.

Trata-se de Celso Jolar Almeida, de 45 anos, que não possuía passagem pela polícia.

O local foi isolado até a chegada da Polícia Civil, que autorizou a remoção do corpo para o IML de Toledo.

Segundo informações prestadas por populares, Celso foi morto por disparos efetuados por dois rapazes, que após o crime fugiram a pé, tomando rumo ignorado.

Durante buscas, a polícia prendeu dois suspeitos de terem cometido o assassinato.

Eles foram ouvidos na manhã de hoje e um dos presos, menor de idade, confessou a autoria do crime, afirmando que matou Celso Jolar Almeira porque ele constantemente vinha batendo em sua mãe.

Caio Henrique de Oliveira, de 20 anos de idade, foi preso porque ajudou o menor a fugir do local.

Ambos estão detidos na delegacia de polícia de Guaíra a disposição da justiça.

Fonte: Educadora