ad

Na noite de ontem, por volta da 23h10, uma equipe de serviço da Polícia Militar de Guaíra foi acionada pela central a deslocar até a Rua Francisco Murtinho, Bairro Centro, em um comércio onde segundo informações da vítima, davam conta de que o mesmo teria sido vítima de roubo.

Segundo relatos, a vítima estaria em seu estabelecimento, momento em que se aproximaram três elementos em atitude suspeita usando capuz no rosto, sendo que um deles trajando roupa de cor escura e deu voz de assalto, fazendo uso de uma arma de fogo, momento em que rendeu os funcionários do estabelecimento e subtraiu a quantia de R$ 200 em dinheiro e um aparelho de celular marca Samsung de cor preta e modelo A8+. Em seguida, os mesmos deixaram o local e foram seguidos pela vítima. Ainda de acordo com ela, os autores do roubo perceberam que estavam sendo seguidos o que estava de posse da arma de fogo, proferindo ameaças, apontando a arma na direção da vítima e tentando disparar, momento em que a vítima percebeu que a arma poderia ter algum defeito e se aproximou de um dos autores que foi detido pela vítima e foi identificado, sendo menor 15 anos de idade. Nas proximidades, uma equipe policial da patrulha escolar que estava deslocando em apoio, conseguiu realizar a abordagem de outra pessoa envolvida na situação que foi identificada com 14 anos de idade, ambos foram reconhecidos pela vítima como autores do fato. O terceiro envolvido não foi localizado.

Com o menor foi encontrado uma arma de fogo do tipo pistola marca Bersa, calibre 380 número: 277121, foram encontrados ainda telefones, sendo um Xiaomi de cor preta, um Samsung 4G duos, com os autores, camisetas utilizadas como capuz, o valor em dinheiro e o aparelho Samsung roubados pelos autores ficou em pose do terceiro integrante que conseguiu fugir do local.

Diante dos fatos, os menores e os objetos descritos foram apreendidos e foi feito contato com o conselho tutelar para que acompanhassem os trâmites. Foi confeccionado boletim de ocorrência para que posteriormente serem levados a UPA 24 horas para passar por laudo de lesão corporal e em seguida serem entregues na Delegacia de Polícia Civil de Guaíra.

Redação Portal Guaíra