Terminou por volta das 14h30, uma reunião entre o prefeito de Guaíra Fabian Persi Vendruscolo, Procurador do MPF Lucas Berdinato Maron e representante do grupo indígena Tekoha Mirim.

Segundo informações repassadas a nossa redação pelo Subtenente Auler, responsável pela Guarda Municipal de Guaíra e que também acompanhou a reunião, os índios disseram que a ocupação desta terça-feira (3), aconteceu para chamar a atenção sobre as necessidades que eles estão passando, ou seja, querem garantia básica a saúde, educação e energia elétrica em sua aldeia.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

As discussões em torno do assunto duraram aproximadamente 04 horas e ficou decidido que, em alguns dias haverá uma reunião entre o Ministério Público Federal e Governo de Guaíra para discutir todas essas questões e, após, uma nova reunião com a presença do representante da aldeia.

Assim que terminou a reunião, os agricultores também pediram explicações ao representante do MPF sobre como o governo federal pretende resolver a questão indígena, das terras.

Conforme o Procurador, esta reunião hoje pela manhã no local da ocupação, aconteceu devido a grande preocupação sobre as condições de vida com que os indígenas estão levando e, em nenhum momento foi tocado no assunto “reforma agrária”.

Acompanharam toda a movimentação em torno de 150 agricultores, além das Policias Militar, Federal, BPFron e Guarda Municipal de Guaíra.

invasao-guaira-indios

Redação Portal Guaíra
Foto: Monica e Carlinhos Braga