ad

O Governo Federal divulgou na segunda-feira (29) a lista dos municípios que serão beneficiados com um caminhão caçamba referente à segunda etapa de entrega de Equipamentos para Estradas Vicinais, pelo Programa de Aceleração do Crescimento – PAC 2. Os equipamentos serão destinados às cidades com menos 50 mil habitantes, as mesmas que já foram beneficiadas com uma retroescavadeira.

O Ministério do Desenvolvimento Agrário divulgou que 367 municípios paranaenses deverão receber os novos veículos. Guaíra foi mais uma vez selecionada.

retro

O deputado federal Zeca Dirceu, que tem intermediado benefícios para Guaíra, comemorou a notícia e destacou as ações do Governo Federal. “A chegada desses novos caminhões reafirma todo o trabalho e luta da nossa presidenta Dilma e da ministra Gleisi pelo bom desenvolvimento do Paraná. São centenas de municípios sendo beneficiados com veículos que serão utilizados para garantir melhores condições das estradas rurais e escoamento da produção agrícola”, ressaltou o parlamentar.

“Temos o compromisso de fazer uma boa gestão na zona rural do município. Uma boa patrulha mecanizada sempre ajuda. Faremos um bom uso destes equipamentos”, comentou João Paulo Machado, secretário de Agricultura e Meio Ambiente.

Os municípios serão convocados oportunamente pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário para as atividades de treinamento e de recebimento dos equipamentos.

Retroescavadeira

O Governo Federal vai entregar, no próximo dia 3 de agosto (sábado), em Toledo, retroescavadeiras para 32 municípios, dentro do programa PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento).

Serão beneficiados 22 municípios da abrangência da Amop (Associação dos Municípios do Oeste do Paraná) e 10 da Concam (Comunidade dos Municípios da Região de Campo Mourão).

O prefeito Fabian Vendruscolo participará do evento, já que Guaíra está na lista.

O repasse das retroescavadeiras integra a ação do Governo Federal, através do Ministério do Desenvolvimento Social, de aquisição de máquinas para recuperação de estradas vicinais.

caminhão-caçamba

Fonte: Assessoria