ad

Uma das grandes metas do Município de Guaíra é a recuperação de estradas rurais e da malha asfáltica municipal. Não será tarefas fáceis, tampouco serão realizadas de uma hora para outra. O planejamento envolve busca de recursos e de parcerias para viabilizar a tarefa, que, é unânime, deve ser encarada como prioridade.

Água Verde à Alto Paraíso
Água Verde à Alto Paraíso

Os primeiros passos na zona rural contemplaram alguns dos piores trechos. “Ainda não começamos o trabalho de cascalhamento, ainda não conseguimos dar início às grandes obras, mas garanto que demos o nosso melhor. Já para este segundo semestre teremos muitas novidades”, adiantou João Paulo Machado, secretário.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------
Estada Divisora
Estrada Divisora

Segundo João Paulo, já existem tratativas para iniciar o cascalhamento, projetos para viabilizar o recapeamento asfáltico das estradas da faixinha e da que liga Guaíra a Oliveira Castro, bem como recursos para a implantação de pedras poliédricas ligando a comunidade do Espírito Santo à comunidade de Salamanca. “Sem contar que estamos coletando as sugestões da população durante reuniões do Planejamento Participativo. Essas reivindicações vão nortear o nosso trabalho e permitir que façamos o orçamento de acordo com os anseios de cada comunidade”, afirmou.

Ao todo, 124,6 Km de estradas foram recuperadas em diferentes pontos do município.

Estrada Apepu
Estrada Apepu

Lista de estradas que passaram por intervenções

Rancho Alegre – 8 km

Santo Antônio – 2 km

Bela Vista – 1 km

Santa Clara – 600 m

Aeroporto – 2 km

Água do Bugre – 1,5 km

Água Verde – 6 km

Alto Paraíso – 4 km

Divisora, Paralelas à BR 163 – 7 km.

Salamanca – 2 km

Dr. Oliveira Castro – 4,5 km

Encruzo Loveira – 3 km

Maracaju Dos Gaúchos – 8 km

Zeballos/272 – 1,5 km

Terraplanagem Capela Santo Antônio

Fonte: Assessoria