ad

Na noite de ontem, por volta das 22h40, uma equipe foi até o Bairro Santa Paula para atender uma ocorrência de tentativa de assalto.

No local os PMs foram informados pelo solicitante que no momento em que fechava a residência para sair de casa com a caminhonete Hilux, foi surpreendido por dois bandidos armados e encapuzados, que o levaram para dentro da casa e amarraram com uma cinta.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Segundo a vítima, os marginais pegaram dinheiro e as chaves da caminhonete e, após ligar o veículo, perguntaram que horas a neta chegaria em casa. Também queriam saber se a motocicleta que estava na residência, uma Yamaha/XJ6, pertencia a neta (os bandidos se dirigiam a moça pelo nome).

Ainda conforme o Boletim de Ocorrências, os indivíduos esperaram por aproximadamente 25 minutos, dentro de um dos quartos, pela chegada da neta da vítima.

Os policiais militares também ouviram a versão da neta. Ela contou que ao chegar na moradia do avô, visualizou que havia alguém dentro da caminhonete. E, ao se aproximar observou que a pessoa estava encapuzada.

Quando o bandido tentou dar ré na Hilux, a moça quase foi atropelada, sendo que saiu correndo pra fora da residência e fechou o portão.

No momento que pedia por socorro, um dos bandidos que estava na casa com o avô, correu atrás dela, quando foram ouvidos disparos de arma de fogo, não sabendo a neta informar quem teria atirado. Ela se escondeu e visualizou que a dupla criminosa desistiu do assalto e fugiu por rumo ignorado. Ela, então, entrou na casa com o marido e desamarraram o avô.

Quando os PMs colhiam os dados, foram informados que um dos autores teria sido ferido e estaria em uma residência bem próxima a casa da vítima.

Imediatamente os Militares foram até o local e localizaram um menor de idade (16 anos) que foi identificado. Ele estava caído no quintal da casa e ferido com tiro nas nádegas.

O SAMU foi chamado para prestar atendimento, sendo que o adolescente acabou sendo transferido para a cidade de Toledo para passar por procedimento cirúrgico.

Buscas foram realizadas com a ajuda do BPFron para tentar encontrar o segundo bandido ou as armas, mas sem êxito.

A Polícia Civil assumiu os trabalhos.

Atualização (13:06)

Por volta das 11h desta quinta-feira (01), a mãe do adolescente baleado, publicou no Facebook que ele passou por uma cirurgia e está fora de perigo.

Redação Portal Guaíra