ad

Enganam-se aqueles que presumiam o fim das emissoras de rádio, sejam elas AM ou FM. Há poucos dias o governo federal anunciou que as emissoras de AM – Amplitude modulada – irão ocupar as ondas de FM – frequência modulada – onde a melhora considerável de qualidade fará toda a diferença nos dias atuais.

Mas falar de rádio é viajar no tempo e lembrar momentos inesquecíveis – nostalgia na certa.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

E grandes comunicadores tiveram passagens por nossa cidade, mais precisamente, pela Rádio Guaíra AM.

Quem não se lembra das modas caipiras do saudoso compadre Jaime nos anos 80? Ou do Itacir Marques que após grande sucesso em AM, comandou por um longo tempo seu programa em FM – isso no inicio da Rádio Siriema 98,7.

Mas não para por ai, outros nomes nos fazem viajar e a ouvi-los até hoje nas rádios de nossa região, como por exemplo Valdomiro Sobrinho e Odair di Paula (DJ Di Paula) que por anos estiveram nas “ondas medias” encantando as manhãs e tardes da Rádio Guaíra AM.

Lembramos com saudades da voz marcante de Adalton Júnior que transmitia alegria e descontração, primeiro em AM e logo após no FM. Sem esquecer de Claudio Sá (Claudinho Sá), voz inconfundível que foi mais um dos grandes sucessos do AM.

Mas não vamos esquecer de Marcelo Fernando, Ney Neotte, Aílton Lourenço (Japonês Preto), Alfredo Soares, Tânia Mara, Barbosa Júnior, Gladiston Pacheco, Adriel Marcelo, Geraldo Denk (Batata) e tantos outros que, ou já “penduraram as chuteiras”, ou ainda continuam na comunicação, as vezes não mais em Guaíra, mas levando alegrias em outras cidades e regiões desse Brasil… Se a memória é fraca, pelo menos os grandes nomes que fizeram a história do rádio em Guaíra não o são.

O Portal Guaíra, a partir de hoje, estará resgatando um pouco dessa história, buscando saber por onde andam, o que fazem atualmente e quais as recordações desse tempo que não volta mais.

Portanto, se você lembrou de mais algum comunicador que tenha passado pela Rádio Guaíra Am, e puder nos indicar, ficaremos felizes em poder buscar “noticias” pra contar à todos vocês.

ADEMAR PESSOA

Mas queremos começar essa sessão “Nostalgia” de forma diferente, antes de buscar os mais antigos, vamos começar com o fenômeno da comunicação atual, que fala a linguagem do povo, que é referencia em rádio na cidade de Guaíra – ADEMAR PESSOA.

Natural de Guaíra, nascido na Salamanca em 1972, Ademar começou sua vida de radialista por volta de 1986, em Terra Roxa.

Ele nos contou que teve um concurso para integrar a equipe da rádio daquela cidade e, como este era um sonho antigo, foi lá, se inscreveu, passou no teste e começou então sua vida na comunicação.

Ademar Pessoa, mais de uma década líder de audência
Ademar Pessoa, mais de uma década líder de audência

“Quando eu lembro dessa história fico até emocionado” relembra Ademar. “Cresci ouvindo rádio, ele era meu amigo inseparável, sempre que terminava meus afazeres, aumentava o volume – até porque o rádio  não desligava nunca, a ‘Turma da Maré Mansa’ me encantava -, e viajava com as belas canções e os comunicadores que já faziam parte da família” ressalta.

Segundo Ademar Pessoa, quando fez a leitura da palavra em sua primeira comunhão, os amigos já começaram a colocar em sua cabeça que ele tinha jeito pra ser radialista. Logo, resolveu participar de um concurso para locutores “Então, como eu já gostava de falar pelos cotovelos, sempre fui ativo na comunidade, e até em sala de aula não parava de falar, fiquei sabendo por intermédio de amigos desse concurso em Terra Roxa. Como era meu sonho e não tinha nada a perder – o máximo que poderia acontecer é não passar e ter que voltar pra casa – fui fazer o teste. Eu tremia, se duvidar até devo ter gaguejado um pouco” ironiza o comunicador.

“Mas assim que soltei a voz, gravei um programa como se fosse ao vivo e, pra minha surpresa entre tantos participantes, fui o escolhido” emociona-se Ademar.

Corujito, comanda a sonoplastia dos programas de Ademar Pessoa
Corujito, comanda a sonoplastia dos programas de Ademar Pessoa

Foram alguns anos dedicados a comunicação na cidade de Terra Roxa, mas o radialista queria mais e acabou se mudando para Marechal Rondon – distrito de Porto Mendes – onde viveu por vários anos com sua família, mas nunca se desligou da comunicação e Marechal Rondon também pode conhecer um pouco do talento de Ademar Pessoa.

Já em 2000, resolveu se mudar pra Guaíra, foi quando integrou a equipe da Rádio Guaíra AM e conquistou à todos.

Com seu jeito irreverente de fazer “rádio”, brincando com seus ouvintes e puxando a orelha quando necessário tem sido sucesso desde então. Seu timbre de voz é inconfundível.

E não importa o horário que está no ar – manhã, tarde, noite -, seu público é fiel e sempre tem o acompanhado.

Perguntamos ao Ademar Pessoa como ele define seu trabalho em rádio, ele respondeu “Isso é dom de Deus, radialista não se fabrica, não aprende na escola, ou você é ou não é” explica.

“Apesar de pegarem no meu pé que eu falo muito, confesso que ouço bastante também; ouço os menos favorecidos, ouço os políticos, os empresários, enfim, ouço todos e trato-os com o mesmo respeito e dignidade que gostaria de ser tratado; acredito que está ai o segredo de fazer sucesso na “latinha”, conclui.

Equipe que comanda o programa do Ademar Pessoa
Equipe que comanda o programa do Ademar Pessoa

Neste ano de 2013, além dos trabalhos no rádio – diariamente das 12h às 13h e das 17h às 19h – Ademar Pessoa assumiu a direção de divulgação da prefeitura de Guaíra, mas mesmo assim, apesar da correria de duas funções distintas, sua alegria, simpatia, descontração e energia são visíveis quando começa o programa de rádio. Como os amigos comentam “o homem não desliga nunca”. Não é a toa que, mais uma vez o comunicador faturou o Premio Qualidade Total 2013 como melhor programa e melhor locutor popular AM.

Outra novidade é o programa “Show do Ademar”, aos domingos das 09h às 12h.

Esse é Ademar Pessoa, a voz sorriso do rádio, campeão de audiência em Guaíra.