Fórum de Guaíra (foto: Arquivo/PG)

ad

[dropcap color=”#dd3333″]O [/dropcap]Tribunal do Júri da Comarca de Guaíra/PR estará reunido na manhã desta terça-feira (21), por volta das 09h, para julgar Júlio César Ferreira, 26 anos, acusado de tentativa de homicídio simples.

Segundo a denúncia do Ministério Público do Estado do Paraná, no dia 09 de novembro de 2011, por volta das 01h10, na Avenida Thomaz Luiz Zeballos, nas proximidades do estabelecimento comercial denominado “Risca Faca”, os denunciados Júlio César Pereira e Marcelo Augusto Vargas, previamente ajustados, um aderindo à vontade delituosa do outro, dolosamente, de forma voluntária e ciente da ilicitude de suas condutas, com inequívoca intenção de matar, valendo-se de armas de fogo, desferiram diversos disparos contra a vítima Hélio Alves Rocha, causando-lhe lesões corporais, não consumando o resultado morte, por circunstâncias alheias à sua vontade, vez que prontamente foi socorrido pela Policia Militar.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Consta ainda dos autos que a vítima teria saído do estabelecimento “Risca Faca”, momento em que três indivíduos armados se aproximaram e sem motivo aparente passaram a desferir diversos disparos, sendo a vítima atingida por três disparos.

Devido ao óbito do réu Marcelo Augusto Vargas, foi extinta sua punibilidade.

Por sua vez, a defesa apresentou suas alegações finais, de que o acusado Júlio César Pereira não é um criminoso contumaz, que o presente caso foi um fato isolado em sua vida, pugnando pela improcedência da presente ação.

Se condenado o acusado poderá pegar uma pena de até 13 anos de reclusão.

O Tribunal Popular do Júri começa às 09h.

Redação Portal Guaíra