Na última terça-feira (1º), por volta das 09h40 na Av Roland, Bairro Vila Eletrosul, o senhor de iniciais M. B. G, informou que transitava naquela via com o veículo de placas AXK-6077, juntamente com a senhora de iniciais E. F. C.

PM-PRAo transpor um quebra molas na entrada da Vila Pioneira, teriam sido abordados por dois jovens, sendo um de camiseta preta e outro de camiseta branca (este armado com um revólver), que anunciou o assalto e ordenou para que desembarcassem do veículo.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

No momento em que a vítima saia do carro, o mesmo acabou se deslocando, então o rapaz realizou um disparo que atingiu a perna esquerda da mulher que estava no banco do passageiro do carro.

Na sequencia os autores da tentativa de assalto se evadiram tomando rumo ignorado. E, de imediato, foi chamado uma equipe de socorristas que prestou os primeiros socorros e, após, levaram a mulher para Unidade Central de Saúde.

 AÇÕES DESENVOLVIDAS

 1ª AÇÃO (09h40)

Após orientar devidamente condutor do veículo, equipes da Policia Militar do 3º Pelotão de Guaíra passaram a diligenciar em buscas dos rapazes, e realizaram diversas abordagens de suspeitos, contudo a vítima não os reconheceu.

Após a ajuda de moradores que fizeram denúncias anônimas para o 190 – informando que os autores do roubo seriam os vulgos “Gordinho“, “Bagua” e “Peba” (também conhecido por “Nego Lama“) -, os Policiais Militares seguiram para o endereço do “Gordinho”, localizado em uma chácara na Avenida Brasil, próximo ao antigo Clube Mirante.

Nesse momento os PMs avistaram pessoas correndo e, de imediato, realizaram abordagem. No local foram encontrados T. R. A. vulgo “Peba”, R. R. S., e E. F. M., vulgo “Gordinho”.

“Peba” estava com camiseta branca e confessou ter participado do assalto juntamente com outros dois jovens conhecidos por “Nego Dida” e “Branquinho” moradores da Vila Eletrosul.

No interior da residência do “Gordinho”, os policiais militares localizaram varias mercadorias (jogos de mesa, cama, roupas, jogos de panelas, etc), no quintal, aproximadamente 0,520 (quinhentos e vinte gramas) de maconha envolta em uma sacola, e ainda nos fundos daquela mesma residência, mais três pacotes de roupas e jogos de mesa dentre outros.

Após averiguações, verificou-se que as mercadorias encontradas na residência de “Gordinho” e também no matagal, eram produtos de roubo ocorrido na Vila Eletrosul, contra vendedores ambulantes. Foi então que “Gordinho” confessou que teria pego a mercadoria para revender, mas não informou de quem. Ao final dessa primeira ação da Policia Militar de Guaíra, os três envolvidos – juntamente com as mercadorias e a maconha apreendida -, foram conduzidos até a 13ª DRP para os devidos procedimentos.

2ª AÇÃO CONTINUADA (13h)

Em continuidade a ocorrência de assalto,  e após receber novas denuncias anônimas informando que o autor do disparo seria um jovem de 17 anos, a Policia Militar seguiu em buscas e logrou êxito em localizar o suspeito no Bairro Vila Eletrosul. Ele foi apreendido e conduzido até a Policia Civil para prestar depoimento.

3ª AÇÃO CONTINUADA (16h)

Devido novas informações repassadas pelos envolvidos que foram conduzidos para a DP, Policiais Militares – ainda empenhados na ocorrência do assalto -, seguiram em diligências, localizaram e conduziram até a Delegacia de Policia Civil J. A. K., vulgo “Nego Dida” e M. P. F. B., vulgo “Maicon” -também conhecido como “Branquinho” – segundo informações os mesmos teriam participado diretamente do assalto. Em posse de “Nego Dida” foi encontrado 01 celular com fotos do mesmo, se exibindo com varias armas de fogo (escopeta, rifle, pistola e revolver). O celular também foi apreendido.

RESULTADOS DAS OPERAÇÕES

O final das operações policiais militares, resultou na condução de seis (06) pessoas a Delegacia de Policia Civil de Guaíra, dos quais, após confissões e reconhecimentos, um foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e receptação, três foram autuados pelo roubo tentado no qual vitimou a funcionária da Prefeitura Municipal de Guaíra, um indiciado por outros roubos – inclusive do Posto Stop da Vila Guarani. O adolescente de 17 anos,  após declarações, foi liberado.

DENÚNCIA ANÔNIMA

Vale lembrar que toda a ação do 3º Pelotão da Policia Militar de Guaíra só obteve sucesso, devido a colaboração dos moradores do Bairro Vila Eletrosul, que denunciaram anonimamente pelo fone 190.

Os moradores que convivem com “essas pessoas” nos mais diversos bairros da cidade, sabem quem são, onde moram e o que fazem. Com a ajuda da comunidade denunciando, os Policiais de nossa cidade terão mais facilidade para localizar e colocar os indivíduos perante a justiça. Por isso, denuncie!

  • Policia Militar = 190
  • Policia Civil = 197
  • PRF = 191
  • PF = (44) 3642-9100
  • BPFron = (44) 3642-8800
Vulgo "Nego Lama"
Vulgo “Nego Lama”
Vulgo "Maicon"
Vulgo “Maicon”
Vulgo "Gordinho"
Vulgo “Gordinho”
Vulgo "Dida"
Vulgo “Dida”

Portal Guaíra com informações da PM