A Corregedoria Regional Eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná, realizou na segunda-feira (24), correição extraordinária na 90ª Zona Eleitoral de Guaíra, dando prosseguimento ao calendário de correições previsto para o ano de 2015.

O Corregedor Regional Eleitoral, Desembargador Luiz Fernando Tomasi Keppen, conduziu os trabalhos de inspeção no Fórum Eleitoral Desembargador Henrique Nogueira Dorfmund, onde foi recebido pelo Juiz Eleitoral Dr. Christian Leandro Pires de Camargo Oliveira e pelo Promotor Eleitoral, Dr. Carlos Henrique Soares Monteiro.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Na ocasião foram verificados os serviços eleitorais no município.

Estavam presentes as seguintes autoridades: o Prefeito de Guaíra, Fabian Persi Vendruscolo; o Juiz Eleitoral da 125ª Zona de Terra Roxa, Dr. Christian Reny Gonçalves; o Juiz Eleitoral da 124ª Zona de Palotina, Dr. Sérgio Decker; além de Presidentes de Diretórios Partidários, Vereadores e representantes da Polícia Militar.

Histórico
O Desembargador Henrique Nogueira Dorfmund, que dá nome ao Fórum Eleitoral de Guaíra, iniciou a carreira como Promotor Público em 1939, em Foz do Iguaçu, passando depois pelas comarcas de Imbituva, Palmeira, Jaguariaíva e Campo Largo.

Em 1945 foi aprovado no concurso da Magistratura, sendo nomeado Juiz de Direito.

Atuou nas comarcas de Reserva, Piraí do Sul, Tibagi e Campo Largo.

Em 1957 foi transferido para Curitiba, onde foi designado Auditor Militar do Estado do Paraná.

Já no ano de 1966 foi nomeado Desembargador do Tribunal de Justiça.

E em 1968 assumiu a presidência do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná.

GUAIRA-CORREGEDORIA-REALIZA-CORREICAO-NA-90-ZONA-ELEITORAL

Juiz Eleitoral de Guaíra, Dr. Christian Leandro Pires de Camargo Oliveira (foto: Tiago Tsuneto/Rio Paranazão)
Juiz Eleitoral de Guaíra, Dr. Christian Leandro Pires de Camargo Oliveira (foto: Tiago Tsuneto/Rio Paranazão)

GUAIRA-CORREGEDORIA-REALIZA-CORREICAO-NA-90-ZONA-ELEITORAL-3

Portal Guaíra via Assessoria
Fotos: Tiago Tsuneto/Jornal Rio Paranazão