Sessão às 20h; quinta-feira (13/12)

Do mesmo diretor de Meu Nome Não é Johnny – Mauro Lima – a comédia Reis e Ratos apresenta uma divertida narrativa em flash-back ambientada às vésperas do Golpe Militar de 1964; uma parábola suja da Guerra Fria.

A história, contada do ponto de vista de personagens ligados à conspiração golpista, traz Selton Mello (O Palhaço) como um agente da CIA locado no Rio de Janeiro, Rodrigo Santoro (Meu País) no papel de um cafetão viciado em anfetaminas, Cauã Reymond (Estamos Juntos) como locutor de rádio, Rafaela Mandelli vivendo uma crooner de boate e Otávio Müller como um Major da Aeronáutica.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------
Cauã é um locutor de rádio

Destaque do cinema nacional nos últimos anos, Selton Mello é o protagosnista da trama. Ele é Troy Somerset, o agente da CIA que se apaixonou pelo Brasil e, para que possa desfrutar do país por mais tempo, conta com a ajuda do fiel escudeiro Major Esdras (Müller) para que sua missão seja prolongada. Mas continuar no Rio de Janeiro não é sua única preocupação. Sua esposa Leonor (Paula Burlamaqui) está cansada das trapalhadas do marido – e do problema de ejaculação precoce do qual Troy sofre também – e acaba se apaixonando por Vilarinho (Seu Jorge), um marinheiro revolucionário cheio de ideais políticos.

Elenco Principal:

Rafaela Mandelli, Otávio Müller, Selton Mello, Rodrigo Santoro, Seu Jorge e Cauã Reymond.