ad

A equipe da Polícia Civil de Goioerê está investigando um caso de estupro ocorrido em um sítio na zona rural do município.

Conforme a vítima, o marido dela, com o qual tem uma união estável há alguns anos, chegou em casa na quarta-feira (17), por volta das 20 horas, aparentemente embriagado e a estuprou, obrigando-a a manter relação sexual contra a sua vontade.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

A mulher então registrou um boletim de ocorrência e contou que esta não foi a primeira vez em que foi estuprada pelo marido, que também a privava de muitas coisas. Após o suposto estupro, o homem fugiu e não foi mais localizado.

Conforme o delegado de polícia de Goioerê, Hélio Nunes Pires, não havia mais estado de flagrante quando o crime foi denunciado. O suposto autor será indicado em inquérito policial pelo crime de estupro e ouvido assim que for localizado.

Segundo a legislação brasileira, qualquer ato sexual feito sem o consentimento de um dos envolvidos é considerado estupro e, se comprovado, o indivíduo poderá levar uma pena de seis a dez anos.

Portal Guaíra com informações do Goionews