Foto: Goionews

[dropcap color=”#dd3333″]M[/dropcap]ateus Rufino da Silva, 22, foi preso sob a acusação de matar com tiros de pistola Rodrigo dos Santos, 23, durante festa em uma chácara ao lado do Goioerê Clube de Campo, na madrugada de quinta-feira (12). Ele nega a autoria.

Antes de ser preso por policiais civis e militares, ainda de madrugada, Silva tentou fugir, correndo em direção ao arroio Schimidt. Levado à delegacia para prestar depoimento, ele permaneceu calado.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Alguns frequentadores da festa afirmaram terem visto Mateus cometer o homicídio, o que embasou a prisão em flagrante. Uma testemunha contou que a vítima foi alvejada pouco depois de convidar a ex-namorada de Mateus para dançar.

Segundo o delegado Thiago Soares, as investigações terão continuidade e algumas das pessoas que estiveram no local serão ouvidas no inquérito.

O indiciado conta com antecedentes por roubo.

Portal Guaíra com informações do Goionews