ad

[dropcap color=”#dd3333″]O[/dropcap] corpo de um homem, que morreu após ter sido morto a marteladas, foi sepultado na quinta-feira (21), em Goioerê. Porém, antes do velório, o corpo foi encaminhado à Delegacia da Polícia Civil da cidade para que um filho da vítima, que está preso, pudesse se despedir do pai.

No local, o caixão foi aberto e o filho ficou a sós com o pai por aproximadamente 20 minutos. O advogado do detento pediu autorização para que ele fosse até o velório, mas a autorização foi negada. A solução encontrada foi recorrer ao pedido de que o corpo fosse levado até a delegacia.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Portal Guaíra com informações do Portal Cidade de Umuarama