[dropcap color=”#dd3333″]U[/dropcap]ma grande operação bate-grade foi realizada na quarta-feira (21) na cadeia de Goioerê. Foi apreendida uma série de objetos, tais como 17 telefones celulares, carregadores e cordas feitas com lençol, chamadas ‘tereza’, além de anotações de organizações criminosas.

A operação contou com a participação da equipe da Polícia Civil, dos agentes de cadeia e da Polícia Militar. Ao final, o delegado Anderson Romão e o capitão Renato, comandante da PM, fizeram um balanço, mostrando o resultado das buscas dentro das celas.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Conforme o delegado, a operação buscou verificar possibilidades de fuga e apreender objetos que pudessem facilitar a ação, como serras e terezas, além de apreender telefones celulares.

Sobre as anotações de organizações criminosas, Romão não deu detalhes, mas salientou que as investigações serão aprofundadas para verificar as atividades destas organizações dentro da cadeia.

“A população pode ficar tranquila porque estamos trabalhando para manter a segurança na cidade e isso inclui a cadeia de Goioerê”, disse.

Portal Guaíra com informações do Goionews