O Comando de Operações de Divisas (COD), ligado à Polícia Militar de Goiás, abordou uma caminhonete vinda do Distrito Federal na quarta-feira, 10, e encontrou 2.500 litros de defensivos agrícolas ilegais.

Os agentes solicitaram ao motorista a documentação comprovando a origem da carga, assim como o destino, impostos e valor do frete. O condutor admitiu que o agrotóxico não possuía qualquer tipo de documentação.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Isso levou os policiais a suspeitarem da procedência do produto, pois podia se tratar de resultado de outras práticas ilícitas como roubo ou furto, bem como o emprego de produto agrícola sem certificação do órgão de controle de produtos especiais.

A carga avaliada em cerca de R$ 250 mil foi apreendida juntamente com o veículo usado no transporte. O motorista foi levado para a delegacia para prestar esclarecimentos e para que as autoridades tomem as providências legais.

Portal Guaíra com informações da Canal Rural