Começou na meia noite de segunda-feira (14) a Operação Resposta, coordenada pela Polícia Rodoviária Federal, com o objetivo de fiscalizar e orientar os milhares de turistas que começam a voltar para suas casas esta semana, com o fim da Copa do Mundo de Futebol. A maior preocupação são os veículos argentinos, que a partir de agora retornam ao país de origem. Em Foz do Iguaçu a fiscalização foi reforçada principalmente na BR 277 e Ponte Internacional Tancredo Neves, fronteira com Puerto Iguazú.

Segundo o assessor de imprensa da PRF em Foz, Raone Nogueira, o movimento começou a se intensificar nessa segunda-feira, embora o maior número de estrangeiros deva começar a passar a fronteira a partir de hoje. “Por conta da própria questão do final do jogo, deve haver uma preparação de saída em conjunto por parte deles. Já temos a informação de que alguns deles já chegaram a Curitiba e estão em direção a Foz do Iguaçu”, disse.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

A PRF acompanha o deslocamento dos estrangeiros pelas rodovias brasileiras, monitorando se um grande comboio será formado. “A gente acredita que a volta será tranquila. Não há motivos para nenhum tipo de perturbação ou complicação nesse trânsito”.

O aumento do efetivo policial nas fronteiras também serve para fiscalizar a saída dos argentinos do país, caso alguns tenham alguma pendência como, por exemplo, multas. Neste caso, o estrangeiro só poderá deixar o Brasil após pagar a infração.

argentinos-no-brasil

argentinos-no-brasil2

Fonte: Rádio Cultura Foz