Por volta das 14h deste domingo (4), Policiais Militares de Francisco Alves foram informados por uma mulher de 34 anos que ela havia sido agredida pelo amásio de 23 anos de idade.

A vítima disse que após uma discussão com o amásio, ele acabou a agredindo fisicamente com alguns chutes pelo corpo, motivo este que saiu da casa, e acionou a PM.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Os Militares foram até a residência, sendo que o agressor já havia fugido, mas a esposa com receio que o mesmo estivesse escondido, pediu para que a equipe adentrasse no quintal para tentar localiza-lo.

Quando os PMs estavam vistoriando os fundos do quintal da casa, acabaram localizando próximo a um canteiro da horta, algumas plantas que aparentavam ser pequenos “pés de maconha”.

Ao indagar a vítima das agressões sobre as “plantas”, a mulher disse que o marido havia plantado, e que ela não sabia que tipo de “planta” era aquela.

Após ouvir o relato da vitima, os Policiais recolheram os “pés de maconha” e se deslocaram até a Delegacia.

Mas logo após saírem da moradia, receberam uma ligação anônima dizendo que o agressor acabava de chegar naquele local.

De imediato, os PMs retornaram até a casa, e lograram êxito na localização e abordagem do agressor, sendo que ao ser questionado sobre os “pés de maconha”, o rapaz assumiu ser o proprietário das plantas, e que além delas, também possuía uma pequena balança de precisão, o qual se negou a declarar a função/utilidade de tal objeto.

Diante dos fatos ele recebeu voz de prisão por Tráfico de Drogas e Violência Doméstica e, juntamente com a balança de precisão, os pés de maconha e a vítima de agressão, foi encaminhado para a Polícia Civil de Iporã.

FRANCISCO-ALVES-PLANTACAO-DE-PES-DE-MACONHA-1

FRANCISCO-ALVES-PLANTACAO-DE-PES-DE-MACONHA-2

Portal Guaíra com informações da PM de Francisco Alves
Fotos: Soldado Pereira/PM Francisco Alves