A Polícia Militar (PM) de Francisco Alves foi procurada por uma vítima de estelionato na terça-feira (25). Era por volta das 15h quando o jovem de 23 anos informou que havia caído em um golpe em que supostos vendedores pegaram 50% do valor de um automóvel anunciado para venda em redes sociais e depois desapareceram.

A vítima informou que realizou buscas por veículos à venda em uma rede social e viu o anúncio de um GM/Celta de cor preta no valor de R$ 10 mil.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O carro era anunciado por uma pessoa com perfil feminino. Após entrar em contato com a anunciante, esta repassou à vítima o contato de outra pessoa, também com perfil na mesma rede social, porém um homem.

Após contato com o homem, via aplicativo de mensagem, a vítima resolveu fechar a compra do referido automóvel, com a condição de depositar 50% do valor e o restante parcelaria, o que foi aceito pelo suposto vendedor.

Após o pagamento, o vendedor ficou de levar o veículo, o que não ocorreu. Com isso, a vítima desconfiou do golpe e tentou entrar em contato com os supostos vendedores, mas estes já haviam bloqueado suas contas na rede social e no aplicativo de mensagens.

O 25º Batalhão da PM, através da Central 190, orienta a população de sempre desconfiar das vendas através de redes sociais e que não efetue pagamentos através de depósitos bancários sem antes fazer uma checagem do bem a ser adquirido ou que efetue a compra pessoalmente, pois o risco de golpe é muito grande. Conforme o 25º BPM, os golpistas se utilizam de contas bancárias em nome de ‘laranjas’ e o rastreamento destas contas é muito difícil, tornando quase impossível o ressarcimento do valor pago.

Portal Guaíra com informações do OBemdito