A Justiça Eleitoral do Paraná determinou que neste domingo (7) ocorra a Eleição Suplementar para a escolha de prefeito(a) e vice-prefeito(a) do município de Francisco Alves.

Para comprovar o funcionamento, a transparência e a segurança das urnas, serão realizadas, no dia da votação, no ginásio do Colégio Estadual Vicente Tomanini no próprio município de Francisco Alves, a Auditoria de Funcionamento de Urna em tempo real e a Auditoria de Verificação da Autenticidade e Integridade dos Sistemas.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Estarão presentes o Presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), bem como o Diretor Geral, membros da corte e várias outras autoridades. É a primeira vez que tal auditoria ocorrerá no interior do Paraná.

As cerimônias serão acompanhadas presencialmente por entidades fiscalizadoras, como representantes de partidos políticos, Ministério Público Eleitoral, Ordem dos Advogados do Brasil e qualquer pessoa interessada.

NOVAS ELEIÇÕES

As eleições para prefeito e vice-prefeito no município de Francisco Alves acontecem após o plenário do Tribunal Superior de Justiça (TSE) negar o recurso proposto e anular os votos recebidos por Valter Cesar Rosa (PSDB), candidato único eleito para a Prefeitura nas Eleições de 2020.

Por unanimidade, os ministros confirmaram a decisão da Corte Regional que declarou Valter Cesar inelegível, com base na alínea “g” do inciso I do artigo 1º da Lei das Eleições (lei nº 9.504/1997), por ter contas públicas desaprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR).

As informações são do OBemdito