Às 16h, vazão nas Cataratas do Iguaçu passava dos 14,4 milhões de litros de água por segundo, quase dez vezes o volume normal de 1,5 milhão de l/s (Foto: Cataratas do Iguaçu S.A. / Divulgação)

O volume de água nas Cataratas do Iguaçu, em Foz do Iguaçu, ficou quase dez vezes acima do normal no domingo (8).

De acordo com o monitoramento hidrológico do Rio Iguaçu feito pela Copel, em 12 horas a vazão no atrativo subiu de 4,1 milhões para 14,4 milhões de litros de água por segundo.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Por medida de segurança, a direção do Parque Nacional do Iguaçu (PNI) decidiu interditar a passarela que leva aos principais saltos por volta das 15h, quando a vazão já havia passado dos 12 milhões de l/s. O passeio de barco pelo rio abaixo das quedas também precisou ser suspenso.

O aumento se deve às fortes chuvas que atingem o Paraná desde sábado (7) e que também interditaram várias rodovias estaduais e federais.

Segundo o balanço da Defesa Civil Estadual divulgado às 15h de domingo, o número de pessoas afetadas passava de 43 mil e o de desabrigadas chegava a 768.

Conforme o levantamento, os prejuízos foram causados por alagamentos e destelhamentos, além de falta de energia elétrica e água.

Ao todo, foram duas mortes em Medianeira, uma em Sulina, uma em Laranjeiras do Sul, três em Guarapuava e uma em Campina do Simão.

Às 16h, vazão nas Cataratas do Iguaçu passava dos 14,4 milhões de litros de água por segundo, quase dez vezes o volume normal de 1,5 milhão de l/s (Foto: Cataratas do Iguaçu S.A. / Divulgação)
Às 16h, vazão nas Cataratas do Iguaçu passava dos 14,4 milhões de litros de água por segundo, quase dez vezes o volume normal de 1,5 milhão de l/s (Foto: Cataratas do Iguaçu S.A. / Divulgação)

Fonte: G1