Dando sequência a semana de comemoração aos 10 anos de implantação do Núcleo de Proteção á Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (NUCRIA) em Foz do Iguaçu, na tarde de quinta feira (18), investigadores da delegacia especializada realizaram uma série de orientações aos proprietários de motéis na tríplice fronteira.

Como forma de orientar funcionários, gerentes e donos dos estabelecimentos, foi repassado um panfleto com a descrição do artigo 82 da lei 8069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente), onde estabelece a proibição a hospedagem de criança ou adolescentes em hotel, motel, pensão ou estabelecimento congênere com sanção de pena administrativa.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Além da multa administrativa, os proprietários são responsabilizados penalmente por favorecimento a prostituição conforme o art. 244-A, paragrafo 1º do CP.

No último estabelecimento a ser visitado pelos policiais, um motel localizado no Bairro Portal da Foz, os policiais constataram que um veículo Fiat/Uno, de placa KUQ-6330 de Missal, conduzido por Everson Andrade Fagundes, deixava o estabelecimento acompanhado de uma adolescente de 17 anos.

O Veículo foi abordado pelos policiais e constatou-se o fato. Com a adolescente os policiais encontraram uma nota de R$ 50 reais que Everson teria pago a ela pelo programa. Diante dos fatos a menor foi conduzida a delegacia do NUCRIA juntamente com Everson que foi autuado pelo crime de exploração sexual.

Após todos os procedimentos, a adolescentes foi liberada com a presença da responsável e Everson Andrade Fagundes foi conduzido a Cadeia Pública Laudemir Neves de Foz do Iguaçu pois exploração sexual é um crime inafiançável.

Para a delegada do NUCRIA, Dra. Monica Feraciolli, foi uma surpresa o flagrante. “As equipes estavam ali apenas para uma orientação aos proprietários e fomos surpreendidos pela situação. Esperamos que com as orientações recebidas, os proprietários se atentem ainda mais e proíbam a entrada de menores nestes estabelecimentos”, disse a delegada.

NUCRIA-FLAGRA-HOMEM-SAINDO-DE-MOTEL-COM-ADOLESCENTE-EM-FOZ01

NUCRIA-FLAGRA-HOMEM-SAINDO-DE-MOTEL-COM-ADOLESCENTE-EM-FOZ02

NUCRIA-FLAGRA-HOMEM-SAINDO-DE-MOTEL-COM-ADOLESCENTE-EM-FOZ03

NUCRIA-FLAGRA-HOMEM-SAINDO-DE-MOTEL-COM-ADOLESCENTE-EM-FOZ04

NUCRIA-FLAGRA-HOMEM-SAINDO-DE-MOTEL-COM-ADOLESCENTE-EM-FOZ05

NUCRIA-FLAGRA-HOMEM-SAINDO-DE-MOTEL-COM-ADOLESCENTE-EM-FOZ06

NUCRIA-FLAGRA-HOMEM-SAINDO-DE-MOTEL-COM-ADOLESCENTE-EM-FOZ07

NUCRIA-FLAGRA-HOMEM-SAINDO-DE-MOTEL-COM-ADOLESCENTE-EM-FOZ08

NUCRIA-FLAGRA-HOMEM-SAINDO-DE-MOTEL-COM-ADOLESCENTE-EM-FOZ09

NUCRIA-FLAGRA-HOMEM-SAINDO-DE-MOTEL-COM-ADOLESCENTE-EM-FOZ10

NUCRIA-FLAGRA-HOMEM-SAINDO-DE-MOTEL-COM-ADOLESCENTE-EM-FOZ11

NUCRIA-FLAGRA-HOMEM-SAINDO-DE-MOTEL-COM-ADOLESCENTE-EM-FOZ12

NUCRIA-FLAGRA-HOMEM-SAINDO-DE-MOTEL-COM-ADOLESCENTE-EM-FOZ13

NUCRIA-FLAGRA-HOMEM-SAINDO-DE-MOTEL-COM-ADOLESCENTE-EM-FOZ14

NUCRIA-FLAGRA-HOMEM-SAINDO-DE-MOTEL-COM-ADOLESCENTE-EM-FOZ15

Portal Guaíra com informações da Polícia Civil/Foz