Foto: Pexels

[dropcap color=”#dd3333″]A [/dropcap]Polícia Federal de Foz do Iguaçu cumpriu na terça-feira (19) dois mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva expedidos pela 5ª Vara Federal, relativos a crimes de estupro de vulnerável, produção, posse e compartilhamento de pornografia infantil na internet.

Conforme a polícia, as investigações apontaram que o suspeito “abusou sexualmente de uma criança de poucos meses de vida, registrou os abusos em vídeo e compartilhou os arquivos na internet, com terceiros”.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Com isso, a prisão preventiva foi decretada, a fim de impedir que outras crianças fossem abusadas.

Durante o cumprimento do mandado de busca, o investigado foi também preso em flagrante, por posse se imagens de pornografia infantil.

Os abusos chegaram ao conhecimento da Polícia Federal no dia 14 de junho, sendo que com base em alguns detalhes dos vídeos desses abusos e em um intenso trabalho de investigação foi possível identificar o autor e o local onde os abusos foram cometidos.

A criança, vítima dos abusos, foi identificada e encaminhada para a realização de exame de lesões corporais.

Foram identificadas informações que indicam que o indivíduo preso fez outras vítimas, as quais estão sendo identificadas.

Portal Guaíra com informações do Massa News