ad

filaargentinapascoa1O feriado prolongado que começou na Sexta-Feira Santa (18) e terminou na segunda-feira (21), quando foi comemorado o Dia de Tiradentes, levou para a tríplice fronteira entre o Brasil, Paraguai e Argentina, mais de 35 mil visitantes.

O termômetro é o número de ingressos no Parque Nacional do Iguaçu (PNI), que em três dias registrou 35.228 entradas.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O movimento foi grande também nas pontes da Amizade, entre Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, e Ciudad del Este (PY), e Tancredo Neves, que dá acesso à vizinha Puerto Iguazú (AR).

Se contabilizados apenas os dados do feriado de Páscoa, o PNI recebeu 1.549 visitantes a mais na comparação com 2013, quando a unidade que abriga as Cataratas do Iguaçu recebeu 33.679 pessoas – somente no domingo (20), foram 16.257 entradas.

Na ocasião, o movimento foi impulsionado pelos argentinos, que foram maioria. A procura pela fronteira foi justificada pelo feriado prolongado de cinco dias, que incluiu a Quinta-Feira Santa e o dia 2 de abril, que lembra os soldados mortos na Guerra das Malvinas. No Parque Nacional Iguazú, de sexta a domingo foram 20.262 visitantes.

As compras no Paraguai e na Argentina também exigiram paciência de quem se propôs a cruzar a fronteira. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, desde sexta-feira, o tempo de espera na fila que em determinados horários se aproximou de 2 km tem sido superior a uma hora. A procura maior na manhã de segunda-feira foi pelas lojas de importados de Ciudad del Este, no Paraguai. Um dos fatores que incentivaram os milhares de turistas é o dólar cotado na fronteira a R$ 2,40.

passarelacatarataspascoa1

Fonte: G1