José Roberto Coco, Coquinho (foto: Facebook)

ad

O prefeito de Formosa do Oeste, José Roberto Coco, vai ter que devolver mais de R$ 731 mil aos cofres públicos. A determinação é do Tribunal de Contas do Estado, que encontrou quatro irregularidades na prestação de contas do município.

Entre elas, está a terceirização indevida de serviços públicos e a contratação de empresários considerados irregulares pela Justiça. O chefe do Executivo de Formosa do Oeste também recebeu quatro multas que somam quase R$ 3.700. De acordo com o TCE, o valor a ser devolvido é referente a contratos da Prefeitura com cinco empresas.

As irregularidades foram descobertas depois de uma inspeção feita em 2014 pela Diretoria de Contas Municipais (DCM) do TCE. O processo foi julgado no último dia 23 pela Segunda Câmara do Tribunal de Contas do Paraná e, agora, vai ser encaminhado ao Ministério Público do estado. O prefeito de Formosa do Oeste ainda pode recorrer da decisão.

José Roberto Coco, Coquinho (foto: Facebook)
José Roberto Coco, Coquinho (foto: Facebook)

Portal Guaíra com informações da Band News


ad