O governador Beto Richa determinou ontem a publicação na internet do salário dos servidores estaduais. Com isso, o governo do Paraná passa a informar de forma individualizada os vencimentos dos funcionários ativos, inativos, pensionistas e ocupantes de cargos em comissão. As informações estarão disponíveis no Portal da Transparência a partir desta quinta-feira.

richa1“O nosso governo tem compromisso com a transparência pública. E agora, superadas as barreiras técnicas, determinei de imediato a publicação dos salários dos servidores públicos”, destacou o governador Beto Richa. “É uma demanda da sociedade e que estamos atendendo neste momento. As vozes das ruas foram e continuarão sendo ouvidas pelo nosso governo”.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O acesso às informações administrativas dos órgãos públicos do Paraná foram determinadas pelo governador por meio do Decreto Estadual 8020, assinado em 16 de abril de 2013. Entre os vários dispositivos, o decreto obriga a publicação de todos os atos referentes aos servidores, incluindo comissionados e inativos, com a discriminação do nome, subsídio, vencimento ou provento e lotação.

Qualquer pessoa poderá fazer consulta dos cerca de 300 mil nomes disponíveis. No Portal da Transparência, com acesso pelo site do governo do Paraná (www.pr.gov.br), ele encontrará o menu Pessoal. Ao clicar, serão abertos os subitens Poder Executivo, Inativos e Pensionistas, Pensões Especiais, Empresas Públicas e Sociedades de Economia Mista de Capital Fechado e Entes de Cooperação Governamental.

Após digitar o nome do servidor, do qual se pretende ter acesso aos dados, será solicitado o código de segurança. Da consulta resulta um quadro com o nome, órgão de vinculação, local de lotação, situação funcional e a remuneração, que corresponde à soma das vantagens normais devidas no mês de referência pesquisado.

Assembleia

Já na Assembleia, a promessa é de que a divulgação também ocorra na quinta, no Portal da Transparência da Casa . “Divulgar salários é mais um passo da transparência, maior inimiga da corrupção. A divulgação vai permitir fiscalização da população”, escreveu no Twitter o presidente do Legislativo paranaense, deputado Valdir Rossoni (PSDB). “Aguardava apenas que os demais poderes definissem a forma como iriam proceder, bem como a constitucionalidade do ato, já que em outros estados houve contestação dos servidores”, acrescentou Rossoni.

Fonte: O Paraná