ad

[dropcap color=”#dd3333″]D[/dropcap]avid Willian Vollero Silva, de 18 anos, suspeito de envolvimento na morte do jogador Daniel Corrêa Freitas, também é jogador de futebol, e teve contrato encerrado com o Paraná Clube na terça-feira (13). A liberação foi publicada no Boletim Informativo Diário da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) na tarde de terça-feira. David era da categoria de base do clube.

David está preso na Delegacia de São José dos Pinhais desde o dia 8 de novembro, quando se apresentou à polícia, juntamente com Igor King, de 20 anos. Os jovens teriam ajudado a espancar Daniel, e estavam no carro quando o assassino confesso do jogador, Edison Brittes, levou a vítima no veículo até o matagal onde foi morto. A vítima foi morta com golpes de faca no pescoço e teve o pênis decepado.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Portal Guaíra com informações do Massa News