O professor de educação física Luiz Carlos Osório, descobridor do jogador corintiano, cobra judicialmente do jogador e do Internacional um valor que já atingiu cerca de 10 milhões de reais por uma suposta comissão não paga a ele pela negociação do atleta.

A ação corre na Justiça do Rio Grande do Sul e ainda não tem uma sentença.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Luizão foi o primeiro professor de Pato e o levou para o Internacional.

Sua alegação, no processo judicial, é que neste momento fez um acordo com o pai do jogador, Geraldo Rodrigues da Silva, que lhe daria entre 10 e 15 por cento de uma negociação futura do atleta.

Não há um contrato entre as partes. As provas apresentadas no processo, iniciado em 2009, são entrevistas de Pato confirmando que o professor de educação física o revelou para o futebol e o ajudou a chegar ao Internacional.

pato