ad

O caso envolvendo jovens que morreram afogados depois que o barco virou na região da praia de Entre Rios do Oeste, ganhou desdobramentos quando um erro na hora de reconhecimento provocou a troca dos corpos: o jovem morador de Entre Rios estava pronto para ser velado em Marechal Cândido Rondon.

A embarcação ocupada por quatro jovens virou na madrugada de sábado, 12, no momento em que revistavam redes de pesca, no Rio São Francisco Verdadeiro – Lago de Itaipu.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Dois jovens conseguiram nadar ate as margens enquanto outros dois – o rondonense Paulo André Gartner e o morador de Entre Rios, Gilberto Eberhardt – desapareceram.

Buscas foram iniciadas, envolvendo Bombeiros, Marinha do Brasil e pescadores, quando ontem, 14, por volta do meio-dia, um dos corpos boiou.

Ele foi recolhido pelos bombeiros e levado pelo Instituto Médico Legal para a sede do órgão em Toledo, para exame de necropsia.

No momento em que foi retirado das águas, familiares e amigos que acompanhavam as buscas reconheceram o corpo como sendo do rondonense Paulo André Gartner, de 29 anos, apesar do adiantado estado de decomposição.

Ate o pai de Paulo teria feito o reconhecimento do cadáver no IML como sendo do seu filho: sendo necropsiado e levado para Marechal Cândido Rondon.

No momento em que era preparado para ser velado, o serviço funerário recebeu a informação do IML de que os corpos foram trocados e de que o corpo que seria velado em Marechal Cândido Rondon era do morador de Entre Rios do Oeste.

O cadáver retornou ao Instituto Médico Legal de Toledo onde a troca foi confirmada, utilizando-se inclusive do fato de que um deles tinha tatuagem.

Os corpos passaram por novas necropsias para serem liberados aos familiares para o atos fúnebres.

Paulo André Gartner, de 29 anos, está sendo velado na Igreja Martin Luther, onde as 10 horas haverá culto e após sepultamento no cemitério de Marechal Cândido Rondon.

O Corpo de Gilberto Eberhardt, de 27 anos, segue no IML de Toledo, devendo ser liberado agora pela manhã para os atos fúnebres, em Entre Rios do Oeste.

As informações são da Rádio Difusora