(Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)

O Podemos confirmou na noite de sexta-feira (5) que Álvaro Dias será o candidato do partido ao Senado. O político tentará ser reeleito para o quinto mandato como senador.

A oficialização da candidatura foi em convenção partidária em Curitiba, no último dia do prazo fixado pelo calendário eleitoral.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Agora, os partidos têm até 15 de agosto para registrar os nomes dos candidatos na justiça
Alvaro Dias nasceu na cidade de Quatá, em São Paulo, mas fez carreira política no Paraná. Foi vereador, deputado estadual, deputado federal e governador do Paraná.

O senador tem 77 anos e é licenciado em História pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade Estadual de Londrina (UEL).

Disputa pelo Senado
O mandato de senador é de oito anos. A cada quatro anos, são renovados um ou dois terços das cadeiras – de forma alternada.

Em 2022, um terço das cadeiras será renovado (27 vagas). Dos três representantes do Paraná, o mandato de Álvaro Dias (Podemos) é o que termina este ano.

O calendário eleitoral prevê a realização das convenções partidárias de 20 de julho a 5 de agosto. Porém, a oficialização das candidaturas depende de protocolo das atas das convenções na justiça eleitoral.

Além de Rosane Ferreira, foram confirmados em convenções para a disputa pela vaga no Senado: Aline Sleutjes (PROS), Desiree Salgado (PDT), César Silvestri Filho (PSDB), Guto Silva (PP), Laerson Matias (PSOL), Paulo Martins (PL), Roberto França (PCO), Orlando Pessuti (MDB) e Sergio Moro (União Brasil).

Eleições
O primeiro turno para presidente, governador, senador e deputados federais e estaduais está marcado para 2 de outubro. Eventual segundo turno será no dia 30 do mesmo mês.

Portal Guaíra com informações do G1