professoresA promessa dos professores estaduais é radicalizar nos próximos dias caso o governo não cumpra o acordo de pagar atrasados. A afirmação é da presidente da APP-Sindicato, Marlei Fernandes.

Uma assembleia no dia 28 deste mês vai definir se a categoria fará um acampamento em frente ao Palácio do Governo ou entrará em greve.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Os valores que somam R$ 48 milhões são referentes ao pagamento de promoções e progressões e ao Piso Salarial Profissional Nacional (PSPN).

O Governo alega que atingiu o limite prudencial de gastos com pessoal e não pode realizar o pagamento, prometido para o último dia 13.

Fonte: Joice Hasselmann