ad

Acontece na próxima terça-feira (24) a terceira edição da Prova Paraná, a avaliação diagnóstica aplicada pela Secretaria de Estado da Educação e do Esporte em toda a rede estadual de ensino e nas redes municipais que fizeram adesão.

A Prova Paraná será aplicada para cerca de 1 milhão de estudantes do 5º ao 9º ano do Ensino Fundamental e do 1º ao 3º e 4º anos do Ensino Médio, além das turmas da Educação para Jovens e Adultos (EJA).

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

A Prova Paraná é um instrumento de diagnóstico e monitoramento que permite acompanhar a evolução de aprendizagem de cada estudante, identificando quais são os conteúdos em que há maior dificuldade. Assim, as escolas podem preparar intervenções pedagógicas direcionadas.

INCLUSÃO
Uma das grandes novidades dessa edição são as provas em Braille. O material foi produzido por profissionais do Centro de Apoio Pedagógico para Deficientes Visuais e com Surdocegueira (CAP) de Francisco Beltrão (Sudoeste).

Nove profissionais, todos com habilitação em Educação Especial e conhecimento específico na área visual, se dedicaram à adaptação das provas de Português e Matemática para estudantes cegos da rede pública paranaense.

Foram produzidas, a pedido de estudantes que dominam o sistema, 19 avaliações em Braille para alunos dos nonos anos do Ensino Fundamental e 15 para as terceiras séries do Ensino Médio. A secretaria também vai disponibilizar 691 provas ampliadas para estudantes com baixa visão.

Estudantes que não dominam o sistema Braille serão acompanhados por um professor da sala de recurso. Além disso, a prova de Língua Portuguesa também estará disponível no Dosvox, um sistema computacional que funciona por comando de voz e serve para facilitar o acesso de pessoas com deficiência visual ao computador.

A adaptação para versões que atendam às necessidades de estudantes com deficiência visual é uma inovação da secretaria estadual, que busca a cada edição aprimorar a qualidade e o acesso à avaliação diagnóstica.

TECNOLOGIA
A correção da Prova Paraná é feita pelo aplicativo Corrige, uma ferramenta desenvolvida pelo Departamento de Tecnologia e Inovação Educacional que possibilita a correção de provas e avaliações pelo celular.

O Corrige foi pensado para simplificar o trabalho das escolas e beneficiar a gestão pedagógica. A ferramenta não só otimiza o tempo dedicado à correção de provas, mas também oferece um sistema que compila os dados e possibilita um diagnóstico mais preciso sobre os conteúdos que estão sendo aprendidos com maior ou menor facilidade pelos estudantes.

Portal Guaíra com informações da AEN-PR